sexta-feira, 19 de março de 2010

Dia do Pai - 19 de Março 2010

CEREJAS DE MAIO

Gostei deste poema para este dia especial...faz um mês, hoje, que o meu sogro partiu deste mundo, e, também faz 27 anos em 10 de Dezembro que o meu pai também me deixou.

A minha lembrança, a minha saudade por todo o amor que recebi de ambos!
E daqui... BEIJO A MÃO de cada PAI!


Poema retirado de : http://4.bp.blogspot.com/_blepQVvY52g/Sb7PhlPpoZI/AAAAAAAABxk/qucwm-Dh5b4/s400/DIA+DO+PAI.jpg

4 comentários:

  1. Nela, o poema é muito bonito e bonita a homenagem aqui deixada.
    Quero desejar-te as maiores venturas ao teu blogue.
    Um beijo de amizade

    ResponderEliminar
  2. Cunhadita, "espreitei" agora o teu blogue e gostei muito do nome(que sei estar associado a outro projecto teu) e da fotografia de abertura. As cerejas têm para mim um valor afectivo muito grande, forte mesmo. Fazem parte de muitos "Maios" em que eu fui feliz.
    O poema que escolheste para homenagear os nossos pais é muito lindo. Obrigada.

    ResponderEliminar
  3. Nela,

    O meu sentimento está contigo, sem pai, ou com pai...

    Continua neste 'projecto'.

    Deixo aqui um beijinho à Lua, a ti e ao nosso poeta Aleixo.

    ResponderEliminar
  4. Eduardo, Lua e Cila,
    Amigos que me desejam sorte para continuar este projecto. Ele, nasceu há 17 anos.
    Eu queria escrever um livro romanceado dedicado à minha mãe e comecei pelo título (pelo tecto, nada se começa não há base, por isso o falhanço como escritora). Então, em memória à minha mãe, escolhi as "CEREJAS" e em memória ao aniversário do meu único filho, escolhi "MAIO" - daí a afectividade para com ambos!

    Obrigada e beijinhos da Nela

    ResponderEliminar